Etapa paroquial do sínodo é tema da reunião do CRP

O Secretário-Geral do sínodo, foi que explicou como será o caminho sinodal nas paróquias
Publicado em: 07/03/2018 - 14:30
Créditos: Redação

Angela Santos

No sábado, 3, na Paróquia São Francisco, no Jaguaré, no Setor Pastoral Butantã, aconteceu a primeira reunião do ano do Conselho Regional de Pastoral (CRP) da Região Lapa, coordenada pelo Padre Jorge Pierozan (Padre Rocha), Vigário Episcopal da Região Lapa, e assessorada pelo Padre Antonio Francisco Ribeiro, Coordenador Geral de Pastoral da Região Lapa.

Padre Rocha acolheu a todos os representantes das diversas pastorais da Região e reforçou o desafio do cristão nos dias de hoje e os temas que a Arquidiocese está vivendo: a Campanha da Fraternidade, o Ano Nacional do Laicato e sínodo arquidiocesano.

A coordenação do encontro promoveu o aprofundamento do tema da CF 2018 – “Fraternidade e Superação da Violência”. Um dos palestrantes convidados foi o Coronel da PM Luiz Eduardo Arruda, Superintendente de Desenvolvimento e Educação de Trânsito da Companhia de Engenharia de Tráfico (CET), que falou como é possível superar a violência no trânsito, que é uma das maiores causas de morte na sociedade.

Na sequência, palestrou Rogerio Silva, representante da Comissão de Formação do Conselho de Leigos da Arquidiocese de São Paulo. Ele destacou a importância da atuação do cristão na comunidade e da participação nas ações que acontecerão nas regiões pelo Conselho Nacional de Leigos no Brasil (CNLB).

Por fim, falou o Padre Tarcísio Mesquita, Secretário-Geral do sínodo, que explicou como será o caminho sinodal nas paróquias. “O sínodo só acontecerá nas comunidades se todos nós nos empenharmos com os encontros mensais propostos no subsídio produzido. Não precisamos esperar o encerramento da jornada sinodal para agir nas nossas paróquias. Podemos implementar melhorias durante a caminhada”, reforçou.