Santo João Nepomuceno Neuman

A A

Calendário de Santos

d s t q q s s
 
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30
 
 
Santo João Nepomuceno Neuman
05 de Janeiro

João Nepomuceno nasceu na Boêmia, atual Eslováquia, no dia 28 de março de 1811, filho de Felipe Neumann e Agnes Lebis. Freqüentou a escola em sua cidade natal e entrou para o seminário em 1831. Era autodidata, por isto, sua educação acadêmica foi aprimorada com o domínio e fluência de vários idiomas.

João completou a preparação para o sacerdócio em 1835. Desejava ser padre logo, porém o bispo suspendeu as ordenações, pelo excesso de padres nas dioceses da Boêmia. Mas João não desistiu. Aprendeu inglês trabalhando, e escreveu aos bispos dos Estados Unidos. A resposta veio do bispo de Nova Iorque. João abandonou a família e cruzou o oceano para ser sacerdote, atendendo ao chamado de Deus, numa terra nova e distante.

A diocese nova-iorquina possuía apenas três dúzia de padres para mais de duzentos mil católicos. Padre João recebeu uma paróquia onde a igreja não tinha torre e o chão era de terra. Mas isso não o preocupava muito, pois ele passava o seu tempo visitando doentes, ensinando e evangelizando.

Padre João tinha a intenção de participar de uma congregação, por isto procurou padres redentoristas, que se dedicavam aos pobres e abandonados. Foi aceito e ingressou na Congregação e se tornou o primeiro padre ordenado no novo continente a professar as Regras dos redentoristas na América, em 1842. Sua fluência de idiomas o qualificou para o trabalho na sociedade americana composta de muitas línguas, no século dezenove.

Em 1847 foi eleito pela Congregação o superior geral dos redentoristas nos Estados Unidos. João ocupou o cargo durante dois anos, quando a fundação americana passava por um período difícil de adaptação. Deixou a função com os padres redentoristas bem preparados para serem uma congregação autônoma, o que ocorreu em 1850.

O Padre Neumann foi nomeado Bispo de Filadélfia em 1852. Sua diocese era muito grande e se desenvolvia com muita rapidez. Por isto, decidiu introduzir no país a educação católica. Organizou um sistema diocesano de escolas católicas, fundou a congregação das Irmãs da Ordem Terceira de São Francisco para ensinarem nas escolas, que na sua diocese em pouco tempo duplicaram. Padre João construiu mais de oitenta igrejas durante o seu bispado, dentre elas iniciou a catedral de São Pedro e São Paulo.

Padre João Neumann era um homem de estatura pequena e de saúde frágil, mas sempre se manteve muito ativo. Além das obrigações pastorais, achou tempo para a atividade literária. Ele escreveu inúmeros artigos em revistas e jornais católicos; publicou dois catecismos e uma história da Bíblia para as escolas.

Ele morreu de repente enquanto caminhava pela rua de sua cidade episcopal. Era 5 de janeiro de 1860. O papa Paulo VI o beatificou em 1963 e foi canonizado pelo mesmo papa no dia 17 de junho de 1977, em Roma. Na cerimônia, assistida por uma multidão de fiéis americanos que fizeram a mesma rota marítima do Santo João Nepomuceno Neumann, só que em sentido inverso, o Papa decretou o dia 5 de janeiro para seu culto litúrgico.

Outros santos e beatos:

  • São Canvoione (†868) — abade beneditino em Saint-Saviour, na Bretanha. Perseguido na abadia, morreu no exílio.
  • Santa Ceara — virgem (século VII), abadessa inglesa, nascida em Tipperary.
  • São Gaudêncio (†1004) — beneditino, irmão menor de santo Adalberto de Praga, de quem foi companheiro numa missão à Prússia. Depois que escapou ao massacre (onde seu irmão de hábito encontrou a morte), foi designado bispo de Gnesen (Gniezno).
  • São Gerlaco de Valkenburg (†l170) — após uma vida licenciosa, converteu-se por ocasião da morte da esposa; retirou-se, então, a uma ermida para fazer penitência.
  • São João Neumann — bispo (1811-1860). Nascido na Boêmia, emigrou para a América; ingressou na Ordem dos Redentoristas e foi nomeado bispo de Filadélfia. Consagrou suas energias à formação dos jovens, à construção de novas igrejas, às obras de caridade. Fundou a Congregação da Ordem Terceira de São Francisco. Foi canonizado em 1977.
  • Santa Paula — virgem (1318-1368); freira camaldulense da Toscana. Viveu desde cedo entre as freiras, mas soube sair dos limites do convento para mediar um conflito entre Pisa e Florença, cidades irredutivelmente rivais.
  • Santa Sinclética (†400) — viveu até os 80 anos numa sepultura vazia, atormentada por tentações e enfermidades que facilmente se podem conceber.
  • São Telésforo — papa (†137); nascido na Calábria, sofreu o martírio, provavelmente, sob o reinado de Adriano.

*Fonte: Pia Sociedade Filhas de São Paulo Paulinas http://www.paulinas.org.br