Eugênia Picco

A A

Calendário de Santos

d s t q q s s
 
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30
 
 
Eugênia Picco
07 de Setembro

Eugênia Picco nasceu, em 8 de novembro de 1867, em Crescenzago, Milão, Itália Seu pai era músico do teatro La Scala. Eugênia foi criada pelos avós e tinha pouco contato com os pais. Certa vez, sua mãe voltou de uma viagem sozinha, anunciando a morte do marido, de quem nunca mais voltará a ouvir falar.

Obrigada a viver com a mãe e seu amante, cresceu num ambiente pouco religioso e convivendo com as aspirações mundanas da mãe, que a queria transformar numa famosa cantora. Rezava diariamente na basílica de Santo Ambrósio pedindo ajuda a Deus. Numa tarde de maio de 1886, sentiu na sua alma a vocação para a santidade e, a partir desse momento, caminhou sempre rumo à perfeição.

Fugiu de casa aos vinte anos para entrar na Congregação das Pequenas Filhas dos Sagrados Corações de Jesus e de Maria, onde foi recebida com compreensão e carinho pelo seu fundador, padre Agostinho Chieppi. Começou o noviciado em 1888 e, seis anos mais tarde, emitiu a profissão religiosa. Simples e humilde, fiel e generosa, entregou-se sem reservas às alunas do colégio, a quem ensinava música, canto e francês; às noviças, de quem foi mãe e mestra; às suas irmãs, como secretária-geral e conselheira. Em junho de 1911, foi eleita superiora-geral, cargo que ocupou até a morte.

Mulher corajosa e sábia, durante o seu governo contribuiu para a consolidação definitiva do instituto. Foi mãe para todos, especialmente para os pobres e marginalizados, a quem servia com generosidade incansável. A eucaristia foi seu grande amor, centro de piedade, alimento e alívio para os dias densos de oração e de cansaço.

De saúde frágil, consumada por uma tuberculose óssea, em 1919 sofreu a amputação da perna direita e, em 7 de setembro de 1921, morreu aceitando todos os padecimentos com paciência e amor.

*Fonte: Pia Sociedade Filhas de São Paulo Paulinas http://www.paulinas.org.br