Abril Solidário 2017

Todos os anos no mês de Abril a Pastoral da Saúde da Arquidiocese convida a todos a um gesto de amor, partilha e solidariedade: campanha de doação de sangue Abril Solidário
Publicado em: 31/03/2017 - 15:00
Créditos: Redação com Pastoral da Saúde da Arquidiocese de São Paulo

Quem tem a última palavra é a vida e não a morte. Cristo derramou seu sangue “para que tenhamos vida e vida em abundância”. (Jo 10,10)

O mês de abril é um mês muito especial para todos os cristãos. A data celebra a Páscoa do Senhor que representa a alegria, paixão, morte e ressurreição de Jesus, centro de nossa fé.

Pensando nisso, a Pastoral da Saúde da Arquidiocese de São Paulo em parceria com a Pastoral da Saúde da CNBB, realiza uma ampla campanha de doação de sangue intitulada Abril Solidário.

A campanha que carrega em seu lema “Solidariedade tá na veia”, tem o objetivo de exercitar e incentivar as pessoas ao hábito da doação de sangue. Para participar, basta procurar no site www.prosangue.sp.gov.br/hemocentros  o hemocentro mais próximo de sua residência e doar.

Doar sangue não enfraquece o organismo, doar sangue salva vidas!

Campanha mobiliza doação de sangue em São Paulo

Você sabia que todo mês a Fundação Pró-Sangue precisa receber aproximadamente 12.500 bolsas de sangue e que dificilmente atinge essa meta?

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), as doações de sangue precisam expandir em mais da metade dos países. Na América Latina em 2016 metade do trajeto havia sido atingido, alcançando 100% de doadores de sangue voluntários, porém, só esse ano as doações caíram aproximadamente em 30%.

A Fundação Pró-Sangue (FPS) instituição pública ligada à Secretaria de Estado da Saúde e ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, informa que tem conseguido 11 mil bolsas de sangue por mês. No entanto, a instituição, que está entre os maiores bancos de sangue da América Latina e é centro de referência da Organização Pan Americana de Saúde e OMS, afirma que não é sempre assim e que a quantidade oscila conforme os meses.

Em nota enviada ao Portal Arquisp, a Fundação, comunicou que segundo a legislação brasileira, é livre para ser doador voluntário toda pessoa saudável, que estiver na faixa dos 16 aos 69 anos de idade.

A cada dois segundos, um indivíduo em algum hospital do país precisa de uma transfusão de sangue para viver. “Por medo, ignorância e até mesmo desinformação, apenas 1,9% da população doa sangue anualmente no Brasil” afirma a Fundação Pró-Sangue.

SERVIÇO:

Fundação Pró-Sangue

ALÔ PRÓ-SANGUE

0800 55 0300

http://www.prosangue.sp.gov.br

(Colaborou Padre João Mildner. Redação: Larissa Freitas)